Conecte-se conosco

Região Metropolitana

A Polícia Civil está investigando caso do bebê de cinco meses que morreu após passar mal em creche de Canoas

Publicado em

em

Equipe da Brigada Militar tentou fazer manobras para desobstrução, sem sucesso.

A Polícia Civil investiga o caso de um bebê de cinco meses que teria morrido após se engasgar e passar mal em uma creche de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O caso aconteceu na manhã dessa segunda-feira (22).Os responsáveis pela instituição afirmam que o bebê “não ingeriu nenhum alimento na escola” e que ele foi encaminhado com vida ao pronto atendimento. A creche diz, ainda, que se coloca à disposição das autoridades para esclarecer o caso.De acordo com a Brigada Militar (BM), uma equipe se deslocou até a creche após ser acionada, por volta de 9h30. Os PMs realizaram manobras para desobstrução das vias respiratórias do bebê, mas não tiveram sucesso.Diante da tentativa frustrada, a equipe conduziu o menino até um posto de saúde. Conforme a BM, os médicos tentaram fazer reanimação na criança, que não resistiu.A BM isolou o local e registrou a ocorrência junto à Polícia Civil. O caso estava com a Delegacia de Homicídios, mas foi remetido para a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Canoas nesta quarta-feira (24).Nota da creche“A Escola Pique Esconde, vem informar conforme fato ocorrido nas dependências da Escola. O Bebê não ingeriu nenhum alimento na escola, pois chegou alimentado e não estava no horário de nova mamada. Foi encaminhado pela PM com vida ao pronto atendimento. Estamos aguardando o resultado da perícia. Estamos à disposição das autoridades, e se solidariza com a família.”

FONTE: O SUL

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *