Conecte-se conosco

Saúde

Brasil pode bater recorde e ter 4 milhões de casos de dengue em 2024

Publicado em

em

País já contabiliza 395.103 casos prováveis.

O Ministério da Saúde (MS) estima que o Brasil pode registrar, apenas em 2024, até 4,2 milhões de casos de dengue. Esse número estabeleceria um recorde de infectados pela doença na história do país. Apenas nestes dois primeiros meses do ano, a pasta contabiliza 395.103 casos prováveis.

“A estimativa do Ministério da Saúde é que a gente chegue a 4,2 milhões de casos. Nós nunca chegamos a esse número. Por isso, a preocupação e também pela pressão que isso pode acontecer no serviço de saúde”, explicou Ethel Maciel, secretária de Vigilância em Saúde.

Levantamento para estimar a incidência de dengue no Brasil sugere que cerca de 13% da população testada tinha contraído a doença em meados de janeiro, número maior que o dobro daquele no mesmo período no ano passado (6%).

“Estamos vendo uma antecipação de casos que não tínhamos visto nas outras epidemias de dengue. Geralmente, os casos são fim de março e começo de abril. Com isso, temos muitas crianças e adolescentes que nunca tinham entrado em contato com o vírus”, disse a secretária.

Vacinação

A vacinação contra a dengue pelo SUS começou na última semana, mas será restrita devido à baixa quantidade de doses. Na primeira remessa, foram distribuídas 752.184 doses (confira a distribuição por município abaixo). O Ministério da Saúde afirmou que espera fazer a cobertura total da vacina contra a dengue nos 521 municípios, do público-alvo (crianças de 10 a 11 anos), até fim de março.

Para a secretária, o início da campanha de vacinação contra a doença é “uma vitória da ciência”. “Nós, que trabalhamos com a doenças infecciosas, estamos celebrando muito esse dia, com a primeira dose da vacina em um sistema público do mundo”, afirmou.

Além de ter uma população acima de 100 mil habitantes, um dos critérios para definir a prioridade dos municípios — que vão receber um número maior de doses e têm prioridade na lista — foi a elevada circulação do sorotipo 2, capaz de causar doença mais grave.

O primeiro lote já foi enviado ao Distrito Federal e Goiás. A capital federal já iniciou a campanha de vacinação entre pessoas do grupo prioritário.

Envio das doses

De acordo com o ministério, também haverá remessas para municípios da Bahia, Acre, Paraíba, Acre, Paraíba, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Amazonas, São Paulo e Maranhão. O envio para os demais está previsto para acontecer nos próximos dias.

A previsão é vacinar em 2024 crianças e adolescentes de 10 a 14 anos em 521 municípios. Segundo a pasta, a “escolha pelo início da imunização nas crianças de 10 a 11 anos também é baseada no maior índice de hospitalização por dengue dentro da faixa etária de 10 a 14 anos”.

O governo afirma que irá enviar as doses para 100% dos 521 municípios até a primeira quinzena de março.

FONTE: O SUL

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *