Conecte-se conosco

Cultura

Museu de Parobé recebe a 5ª roda de conversa e memória sobre a Ferrovia Gaúcha

Publicado em

em

Créditos: Divulgação

A 5ª roda de conversa e de memória – rumo aos 150 anos de ferrovia gaúcha – aconteceu dia 16 de novembro no Museu Municipal de Parobé. O encontro promovido pelo Museu do Trem de São Leopoldo com a parceria daquele município teve a participação de três convidados: a aposentada Cilze Nair Celzlein, o empresário Lucio Schirmer e o fotógrafo aposentado Dailor Schweitzer. A mediação foi realizada pela historiadora do Museu de Parobé, Vania Inês Avila Priamo, e a diretora do Museu do Trem de São Leopoldo, Alice Bemvenuti. Esta primeira etapa das rodas sobre os 150 anos da ferrovia abrange a Estrada de Ferro Porto Alegre – Novo Hamburgo – Canela.

A historiadora, Vania Priamo, fala que foi um momento excelente para escutar as pessoas que viveram esse período, as pessoas que trabalharam nas ferrovias, as pessoas que viveram a ferrovia, assim como os passageiros. “Os participantes compartilharam suas diversas vivências, recordações de momentos de acidentes, momentos de alegria, até as memórias de infância, das “artes” que faziam nos trilhos de trem”, conta Priamo. Uma das lembranças foi sobre o transporte com o qual traziam mercadorias, assim como cultura. “O entretenimento chegava até Parobé através do trem, como era o caso do cinema, por exemplo, que buscavam os filmes em Porto Alegre, e aí tinham que levar de novo para Porto Alegre, esse transporte era todo feito através do trem, então foi um momento de muita recordação”, relata a historiadora.

O ferroviário aposentado, presidente do Grêmio Esportivo Ferrinho, Hélio Bueno da Silveira; a filha e esposa de ferroviário, Margarida Margarete da Silveira e o ex-ferroviário do 1º Batalhão Ferroviário, João de Andrade, também acompanharam e deram relatos importantes do trabalho como ferroviário na década de 60. Já os convidados de Portão, falaram mais da experiência como passageiros. Também estavam presentes no evento a secretária de Educação de Parobé, Talita Morbach, pessoas de Parobé, Taquara e Nova Hartz.

O Museu de Parobé está com uma exposição com peças do acervo do Museu do Trem de São Leopoldo em homenagem aos 120 anos da Estação Parobé, que ficará disponível para visitação até dia 24 de novembro.

Sobre as rodas de conversa

As rodas de conversa e memória são um projeto consolidado do Museu do Trem de São Leopoldo que foi realizado de 2009 a 2012, com 20 edições. A diretora Alice Bemvenuti destaca que estes espaços de escuta e afeto são fundamentais tanto para o Museu como para a pesquisa, quanto para a comunidade ferroviária e os diversos públicos. 

A próxima edição será realizada no dia 25 de novembro, às 14h, alusiva ao aniversário do Museu do Trem.

[Foto: Divulgação | Texto: Nadine Dilkin- estagiária de Jornalismo | Supervisão: Jornalista Vanessa Bueno MTb.11.299 | Scom/PMSL]

Fonte: Prefeitura de São Leopoldo

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *