Conecte-se conosco

Economia

Último pagamento do ano do INSS

Publicado em

em

Último pagamento do ano do INSS

O último calendário de pagamentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) referente ao ano de 2023 já começou. Desde o dia 21, os beneficiários podem contar com seu salário na conta. Apenas dois grupos receberam antes do Natal e mais três grupos vão receber antes do fim do ano. Para os demais, as datas se estendem até o mês de janeiro.

O calendário do INSS tem a sua divulgação sempre em dezembro do ano anterior. Inclusive, o INSS já divulgou o calendário de 2024. A ordem de pagamentos se dá pelo último número de benefício e a renda, ou seja, há uma divisão entre quem ganha um salário mínimo e mais que isso. Por conta das festividades, as datas de dezembro podem causar dúvidas. Por isso, confira em seguida.

Os beneficiários do INSS podem consultar as datas de pagamento através do extrato pelo Meu INSS. Mas não são todas as pessoas que possuem acesso às tecnologias e quanto maior for a divulgação dessas informações, melhor. O calendário de dezembro de 2023 já está disponível e alguns grupos já receberam o seu salário.

Para quem ganha um salário mínimo, as datas são as seguintes: final de benefício 1, 21 de dezembro; final 2, 22 de dezembro; final 3, 26 de dezembro; final 4, 27 de dezembro; final 5, 28 de dezembro; final 6, 2 de janeiro; final 7, 3 de janeiro; final 8, 4 de janeiro; final 9, 5 de janeiro; final 0, 8 de janeiro.
Quem recebe mais de um salário mínimo recebe em outras datas, sendo dois grupos juntos: finais 1 e 6, 2 de janeiro; finais 2 e 7, 3 de janeiro; finais 3 e 8, 4 de janeiro; finais 4 e 9, 5 de janeiro; e finais 5 e 0, 8 de janeiro.

O número do benefício não considera o dígito verificador que está após o traço. Por exemplo, no número de benefício 123.456.789-0, o último é o 9, que deve ser considerado para o recebimento do salário.

Vale lembrar que os beneficiários do INSS não contarão com o pagamento do abono natalino no mês de dezembro, pois a liberação aconteceu em maio e junho após antecipação feita pelo governo. Em novembro, as pessoas que começaram a receber seu benefício em maio receberam em parcela única.

FONTE: O SUL

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *