Conecte-se conosco

Geral

um bebê de cinco meses é levado às pressas de uma creche para o hospital e imediatamente transferido a outro com UTI pediátrica, no Vale do Sinos.

Publicado em

em

Os pais suspeitam do atendimento na escola infantil e a acusam de contradições, enquanto a direção da creche se resume em dizer que fez um ágil socorro. A criança se recupera, ainda com sangramento encefálico e nas retinas. A Polícia apura responsabilidades do caso, inicialmente tratado como lesão corporal. “Ainda não sabemos o que realmente aconteceu com o nosso filho. Já choramos muito, pensando no pior e com medo de sequelas, mas vai dar tudo certo”, relata um editor de vídeos de 30 anos. Ele conta que, no início da tarde de 6 de dezembro, ele e a esposa, uma assistente comercial de 28 anos, foram avisados de uma emergência com o filho na creche, na área central de Estância Velha.

FONTE: ABCMAIS

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *