Conecte-se conosco

Saúde

Publicado em

em

O governo gaúcho anunciou para os próximos dias a assinatura do contrato de construção de um hospital regional de média e alta complexidades em Viamão (Região Metropolitana de Porto Alegre), em terreno cedido pela prefeitura ao lado da principal instituição de saúde da cidade. Encerrados os trâmites burocráticos, a estimativa é de que as obras sejam iniciadas em 2025. A iniciativa será viabilizada por meio de parceria público-privada (PPP) e projeto estruturado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Conforme a Secretaria Estadual da Saúde (SES), as futuras instalações devem beneficiar não apenas as cidades da região, mas até mesmo do Litoral Norte. Um dos representantes do município na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Professor Bonatto (PSDB) é também coidealizador da iniciativa: “Trata-se de um compromisso que estabelecemos durante a campanha eleitoral de 2022 e que começa a se consolidar. Vamos dedicar todos os esforços ao lado dos Executivos estadual e municipal para avançar nesse grande projeto. Sem dúvida, o novo hospital será um divisor de águas”. Viamão entrou na rota de instalação do hospital de média e alta complexidades após um estudo de demanda da SES constatar a ocorrência de déficit de vagas para o atendimento com especialistas na cidade e em municípios vizinhos. A cedência do terreno pela prefeitura ao Estado contribuiu para o avanço do projeto. Além de atender a Região Metropolitana (em especial os municípios de Alvorada, Cachoeirinha, Glorinha, Gravataí e, é claro, Viamão), a futura instituição regional poderá atender pacientes do Litoral Morte em especialidades hoje ainda não contempladas nessa área do Estado. Carazinho O governador Eduardo Leite visitou nesta semana o Hospital de Clínicas de Carazinho (Norte gaúcho), beneficiado por R$ 4,4 milhões em investimentos do programa “Avançar na Saúde”. A verba se destina à aquisição de equipamentos para bloco cirúrgico, diagnósticos e neurocirurgias. Com R$ 2,5 milhões repassados pelo Tesouro do Estado, foi viabilizado o aparelhamento completo da quinta sala cirúrgica do hospital, além da modernização das outras quatro salas que já se encontravam em funcionamento. Dentre as aquisições estão aparelhos de anestesia com monitor e módulo de gases, camas e macas cirúrgicas, cardioversor e desfibrilador, ar-condicionado central, cadeiras de rodas especiais e aparelho de ultrassom. Provenientes do programa estadual, R$ 1,847 milhão permitirá a realização de neurocirurgias de alta complexidade para pacientes atendidos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Com novos equipamentos adquiridos, serão possíveis operações de cérebro e coluna vertebral, com destaque para o microscópio de última geração, dotado de sistema robótico integrado, um dos mais modernos do mercado internacional.
Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *